Ler mensagens sem resposta | Pesquisar por tópicos ativos Bem-vindo: 19.10.2019(Sáb)16:24



Responder  [ 7 mensagens ] 
 Cultivando Pinguiculas Mexicanas 
Autor Mensagem
Destaque
Avatar do usuário

Registrado em: 09.10.2008(Qui)13:52
Mensagens: 1452
Localização: São José dos Pinhais - PR
Mensagem Cultivando Pinguiculas Mexicanas
As Pinguiculas mexicanas são excelentes plantas para se cultivar em casa e estão entre as mais fáceis de se cultivar . Na natureza, muitas Pinguiculas mexicanas crescem em florestas sazonais de nevoeiro sobre falésias calcárias e troncos de árvores. Algumas crescem no musgo, outras nas rachaduras das rochas, muitas vezes em paredes de penhascos. Para entender mais sobre a vida das Pinguiculas mexicanas consulte o World of Pinguicula.

A maioria das espécies mexicanas têm folhas heterofilas (Mutantes?), as folhas de verão são viscosas e carnívoras, as folhas de inverno são suculentas e não carnívoras. As plantas gostam de clima morno e úmido durante o verão. Durante o inverno, quando elas se encontram no estado suculenta elas devem ser mantidas em clima frio e solo seco. Se a sua região tem estas condições climáticas, as plantas se darão muito bem numa janela com bastante luz solar. Se você conseguir cultivar violetas africanas, poderá cultivar Pinguiculas mexicanas.

Há algumas controvérsias sobre a melhor maneira de cultivar Pinguiculas mexicanas. Técnicas que alguns produtores juram por morte não serem viáveis. As Pinguiculas mexicanas não são plantas de bog e não devem ser cultivadas como plantas de pântano. Plantas em uma mistura de turfa e areia (mistura convencional para carnivoras) pode ou não pode fazer bem, dependendo de suas condições exatas e as espécies ou híbridos que você possui.
A maioria das Pinguiculas mexicanas preferem uma mistura de solo alcalina. Descobri que um bom substrato para Pings cultivadas em casa é turfa (pode ser sphagnum), areia grossa e perlita 1/1/1. Areia ou calcário dolomítico é recomendado se conseguir obtê-lo. Isto neutralizar a acidez da turfa (musgo). Eu uso areia de sílica com areia para jateamento na mistura, porque é o que consigo obter fácil. Em seguida, adiciono calcário dolomítico (facilmente encontrado em lojas de jardinagem) à mistura. Eu coloco cerca de 1 TBS (?) de calcário dolomítico para 1 ou 2 xícaras de mistura de solo. Isso pode parecer muito, mas as plantas se desenvolvem melhor com esta quantia.

Há outras opções de misturas de solo que fazem um bom substrato. Pode utilizar pedra-pomes no lugar da perlita. Alguns produtores podem utilizar vermiculita, mas se decompõe rapidamente ficando viscosa e exigindo que você faça a troca de substrato constantemente. você pode ultilizar um bom composto para orquideas mas irá se decompor em 1 u 2 anos. Cascas de árvore podem ser realmente melhor e um bom substituto para a turfa, uma vez que seja menos ácida.

O principal problema com as misturas de solo é correspondente a capacidade de peso ou retenção de água do solo para a temperatura e a umidade, onde as plantas estão crescendo. As plantas cultivadas em estufas úmidas com rega enevoada ou sobrecarga precisam estar em uma mistura de solo mais solta (drenada). As plantas cultivadas em casa ou sala de aula, precisam de uma mistura que retenha mais água, absorvente. Eu nunca molho as minhas plantas por cima e sempre ficam em prato com água. Essa é a razão de eu recomendar um mix mais compácto, como muitos produtores de do World of Pinguicula.

Depois de planta-las, em seguida, coloco uma camada de areia de sílica sobre a superfície do solo até 5mm de espessura para desencorajar os fungus gnats (mosquitos fungos). As larvas do fungus gnats gostam de comer as folhas das Pinguiculas. Eu planto todas as minhas Pinguiculas em potes plásticos de 9cm de altura e as cultivo usando o método clássico de bandeja. Quando elas estão com folhas carnívoras eu uso uma profundidade de água de até 4 centímetros nas bandejas. Quando as plantas estão em fase suculenta eu mantenho o nível da água mais baixa, mas nunca seco. Eu tenho um número grande de espécies e híbridos mantidos nesta forma ao lado de uma janela na minha casa durante cinco anos sem replantar. Muitos dos híbridos florescem constantemente. Após cerca de cinco anos, elas precisam ser replantadas porque a camada de folhas mortas que se formou na superfície do vaso, interfere que as novas raizes penetrem no solo.

A maioria, se não todas as Pinguiculas mexicanas não podem se auto polinizar, por razões físicas. O estigma constitui uma dobra sobre as antenas. A parte para o exterior do estigma é a parte receptiva ao pólen. O interior, parte não-receptiva cobre as anteras impedindo o pólen de chegar à parte receptiva do estigma sem a assistência mecânica de um polinizador, geralmente um beija-flor.

Muitos dos clones de Pinguiculas mais comuns no cultivo são parcial ou totalmente estéril. Na inspeção das flores não foi encontrado pólen em alguns clones. Não está claro o motivo para isso ocorrer, porém, algumas se tornam férteis, se mantidas em condições mais frias.
Devido à maneira como as flores são construídos, é complicado para polinizar-las à mão. A maneira mais fácil para polinizar as flores é com um palito de dente. Você pode simular a língua do beija-flor, cutucando com o palito para dentro e para fora da flor, tentando pegar o pólen das anteras na saída e depositá-lo no estigma, uma maneira mais confiável é a de rasgar as flores para chegar às antenas (pólem) e os estigmas diretamente. Para rasgar as flores segure as pétalas do topo com uma mão e as pétalas menores com a outra e com cuidado arranque as pétalas inferiores. Não toqueno estame você provavelmente irá danificá-lo. Você pode usar um palito para a transferência de pólen das anteras para o estigma ou usar uma pinça para remover os estames e pintar o estigma com as antenas. Isso pode exigir um pouco de prática.

Para uma boa germinação das sementes é necessário temperaturas entre 15°C e 25°C (60°F a 80°F). Para preparar o plantio das suas sementes, encha os potes até quase o topo com a sua mistura favorita com o centímetro superior sendo uma parte de sua mistura peneirada de modo que seja mais fina. Coloque as sementes sobre a superfície do meio e não enterre-as. O solo deve estar úmido e não encharcado. Você pode colocar o pote em um saco plástico se o ambiente estiver seco. Você irá obter um melhor nivel de germinação sob local bem iluminado, embora na sombra de uma estufa também. Sementes germinarão em 4 a 8 semanas. Por favor, veja Semeando Passo-a-passo para obter mais detalhes sobre semear sementes.

Nunca use qualquer tipo de fungicida ou pesticida em Pinguicula. Isto inclui todas as espécies de Pinguicula. Não sei porquê, mas especialmente fungicidas matam até se aplicados no solo. Inseticidas sobre o solo ao redor das plantas adultas parecem funcionar OK.

Para manter estas espécies a longo prazo as Pinguiculas mexicanas precisam de luz sazonal. Com luminosidade adequada a maioria das espécies terão folhas carnívoras de meados da primavera ao outono. Inverno até o início da primavera terão suculentas, folhas não-carnívoras. Plantas cultivadas em período de luz contínua ficarão presas na fase de não-carnívoras. Gostaria de saber se existe uma espécie mexicana ou híbrido que vai viver a longo prazo em período de luz contínua. Eu não encontrei uma ainda, embora eu suspeito que as espécies que têm folhas carnívoras durante todo o ano como P. gigantea pode funcionar.

As mudanças sazonais são estimuladas pela luz, e não pela umidade. Regar as plantas de acordo com o tipo de folha e não pela estação do ano. Quando as plantas têm folhas carnívoras, as plantas precisam ser mantidas molhadas e com alto nivel de umidade, embora elas fiquem muito bem em 20% de umidade relativa. Quando elas têm folhas suculentas as plantas precisam de menos água. Manter o solo ligeiramente úmido. Algumas espécies podem ficar totalmente secas, se o ar estiver muito úmido. Se as condições forem de pouca umidade, não deixe as plantas secarem.

As pinguiculas mexicanas podem ser propagadas removendo cuidadosamente as folhas suculentas. O melhor momento é pouco antes das novas folhas carnívoras aparecerem, no final do inverno ou início da primavera. Por favor, veja Propagação asexuada de Pinguiculas mexicanas. O tempo de transição entre as folhas suculentas e carnívoros também é o melhor momento para o replantio das Pinguiculas mexicanas.

Imagem
Flores de Pinguicula cyclosecta. Estas plantas estão crescendo ao lado de uma janela e são mais verdes do que as plantas cultivadas em uma estufa.

Imagem
Pinguicula cyclosecta no outono. As folhas são carnívoras e têm bordas curvadas. As bordas viradas para cima da folha evitam que o liquido digestivo escorra pela borda da folha.

Imagem
Aqui é a mesma planta Pinguicula cyclosecta na primavera em cerca do mesmo tamanho. Tem pequenas folhas suculentas não-carnivoras.

Imagem
Nas flores de Pinguicula o estigma constitui uma dobra sobre as antenas. O lado receptivo do estigma é a parte exterior, de modo que a flor não se auto-poliniza. Esta flor está "aberta" para ver os detalhes.

As flores são polinizadas por beija-flores. Quando a ave coloca a sua lingua dentro da flor, o pólen gruda nela e é depositado no estigma receptor quando ela é retirada. Como o pássaro retira o pólem com a lingua, pouco pólen fica grudado no estigma.

Imagem
A pinça está segurando o estigma para ver as anteras na parte superior dos estames em forma de C.

Imagem
Flor de Pinguicula ehlersiae

Imagem
P. ehlersiae com alguns centimetros de largura e muito bonitas.

Imagem
Pinguicula gigantea é perfeita para janelas iluminadas. Esta espécie não forma folhas suculentas no inverno, as plantas não se tornam menores. Elas florescem no início do inverno.

Imagem
Pinguicula moctezumae é fácil de se propagar a partir de sementes. Mas você precisa poliniza-las ou deixar que os beija-flores façam isso por você.

Imagem
Brotos de Pinguicula moctezumae. Observe os cotilédones têm glândulas! Isso pode ser comum entre Pinguicula mas a maioria dos outros gêneros de PC apresentam cotilédones totalmente ao contrário de suas folhas regulares. As setas vermelhas apontam para outra coisa não esperada. Elas têm uma como raiz-tronco com pêlos radiculares. Enquanto a presença de uma raiz é norma entre plantas, uma raiz só é vista em mudas recém germinadas. Na parte superior do broto pode-se ver uma raiz Pinguicula típico acidental que se estende desde a base da primeira folha formada.

Imagem
Aqui está uma muda de Pinguicula moctezumae algumas semanas mais tarde. As setas vermelhas apontam para a torneira degenerando a raiz / caule. A usina está agachado na posição usual de Pinguiculas. Note as raízes adventícias que saem das bases das folhas.

-- John Brittnacher

FONTE: carnivorousplants.org/howto/GrowingGuid ... exican.php
Traduzido por Felipe Steinthaler em parceria com google tradutor :lol:

_________________
Felipe Steinthaler
Growlist And Wishlist
Imagem


14.02.2013(Qui)12:50
Perfil Visitar website do usuário
Moderador
Avatar do usuário

Registrado em: 25.03.2012(Dom)0:44
Mensagens: 2150
Localização: Mogi das Cruzes - SP
Mensagem Re: Cultivando Pinguiculas Mexicanas
Muito obrigado por trazer para cá estas informações referentes ao cultivo de Pings Felipe, sem sombra de dúvidas os dados contidos neste tópico serão de grande valia para sanar dúvidas referentes ao cultivo destas PCs.

Até a próxima e fique na paz.

Obs.: Devido a importância deste tópico, doravante o mesmo será fixo.

Abs,

Rodrigo F. Costa

_________________
"O especialista é um homem que sabe cada vez mais sobre cada vez menos, e por fim acaba sabendo tudo sobre nada."

George Bernard Shaw (1856-1950)


14.02.2013(Qui)16:34
Perfil
Avatar do usuário

Registrado em: 11.10.2012(Qui)13:30
Mensagens: 367
Localização: SP - Zona Leste
Mensagem Re: Cultivando Pinguiculas Mexicanas
Parabens pelo tópico, mt informativo o interesante

_________________
Growlist - http://www.plantascarnivorasbr.com/forum/viewtopic.php?f=24&t=10572
Galeria - https://plus.google.com/u/0/photos/107463078554948048219/albums


15.02.2013(Sex)6:15
Perfil
Destaque
Avatar do usuário

Registrado em: 04.10.2010(Seg)22:36
Mensagens: 945
Localização: Barra do Bugres - MT
Mensagem Re: Cultivando Pinguiculas Mexicanas
Um bom tópico-livro,
Informações a se guardar...
Interessante a parte do fungicida e inseticida... /psica


15.02.2013(Sex)9:45
Perfil YIM
Destaque
Avatar do usuário

Registrado em: 09.10.2008(Qui)13:52
Mensagens: 1452
Localização: São José dos Pinhais - PR
Mensagem Re: Cultivando Pinguiculas Mexicanas
Obrigado pessoal que bom que gostaram, creditos ao altor do texto, eu apenas traduzi.
É realmente bem completo e informativo, eu particularmente fiquei bem mais impolgado em cultiva-las depois de ler este artigo e outras pesquisas que fiz.

Um abraço.

_________________
Felipe Steinthaler
Growlist And Wishlist
Imagem


20.02.2013(Qua)17:01
Perfil Visitar website do usuário
Destaque
Avatar do usuário

Registrado em: 02.07.2013(Ter)12:52
Mensagens: 273
Localização: São Paulo - SP
Mensagem Re: Cultivando Pinguiculas Mexicanas
Muito bom!
Ajudou-me bastante.
:D


Abs.

_________________
Galeria Thiago H. Camargo
Growlist Thiago H. Camargo

"Nós somos o resultado de um grande acidente cósmico." Marcelo Gleiser


12.07.2013(Sex)10:46
Perfil
Site Admin
Avatar do usuário

Registrado em: 02.01.2006(Seg)21:02
Mensagens: 6411
Localização: Jaraguá do Sul - SC - Brasil
Mensagem Re: Cultivando Pinguiculas Mexicanas
Muito bom Felipe! :D

_________________
Droseraholic!!!


10.02.2014(Seg)14:55
Perfil Visitar website do usuário
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Responder   [ 7 mensagens ] 

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group.
Designed by STSoftware for PTF.
Traduzido por: Suporte phpBB